Três vezes Ceumar

 

É impossível falar de Ceumar sem situá-la no centro de uma onda de novas vozes femininas responsáveis pela continuidade da beleza, da força e do talento da música popular brasileira.

 

uma vez

 

Desde que ouvi o seu primeiro cd, “dindinha”, produzido com enorme sensibilidade por Zeca Baleiro, pude constatar de cara tratar-se  de um timbre necessário à expressão estética de um canto novo. O passeio que ela fez de Zeca a Itamar Assumpção, passando por Zé Ramalho, Sinhô, Chico César, Luiz Gonzaga, Josias

Sobrinho até a reconstrução de Dunford/Thatcher, de Let It Grow (na qual o seu vio-lão mostra-se de uma expressividade incomum) – e tudo isso num primeiro trabalho, por si só, já dá conta da ousadia da moça.

 

duas vezes

 

Se o primeiro foi assim, o segundo não menos: “sempre viva”, de certa forma confirma os caminhos de “dindinha” e aponta em direção ao terceiro, “achou” .
Além de trazer uma amostra da união musical de Fagner e Zeca Baleiro, em”Outra Era”, a compositora Ceumar começa a mostrar suas garras musicais em  “Avesso”, uma parceria com Alice Ruiz e Boca da Noite, sua com Chico César e Tata Fernandes.  A produção desde cd é da própria Ceumar. Há já  em “sempre viva” o início de um namoro com a modernidade paulista (“O Seu Olhar” – Paulo Tatit/Arnaldo Antunes) que, na minha opinião, ficará mais firme no terceiro cd, “achou”.

 

três vezes

 

achou”, disco que divide com o compositor Dante Ozzetti, repleto de belas, sofisticadas e fortes melodias, parcerias dele com Luiz Tatit, Zeca Baleiro, Zélia Ducan e Kléber Albuquerque é o terceiro de Ceumar .A música título, “achou”, de Dante  e Luiz Tatit, ganhou o segundo lugar no Festival da TvCultura, na voz dela.
O caminho musical de Ceumar começa a se expandir, percorrendo o país, dividindo espetáculos com outros artistas e soltando sua (bela) voz no exterior. O trabalho musical dessa moça merece a nossa atenta audição.

 

ps. como ninguém é perfeito, ceumar ainda não fez nem gravou uma parceria minha e dela (risos).

Anúncios

1 Response to “Três vezes Ceumar”


  1. 1 ceumar novembro 11, 2008 às 2:16 pm

    olá poeta! obrigada pela inclusão…e desculpe minha atenção tardia…smepre ligada nos seus escritos, uma hora vamos brindar nosso encontro!
    beijos


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




Arquivos

maio 2008
S T Q Q S S D
« abr   jun »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: