Poesia de Quinta

Em virtude do meu amigo e poeta Nicolas Behr ter criado um projeto chamado de “poesia de segunda”, no qual os poetas recitam seus versos, e para evitar suposição de plágio mútuo, comunico às minhas “vítimas” que estou mudando o título da minha produção semanal de versinhos para “poesia de quinta”. 

 

Palavra de Ordem

 

O povo organizado

Jamais será unido


Climério Ferreira

 

  

TERRA EM TRANSA

 

A minha terra

Tem tanto poeta

Que fica difícil

A gente encontrar

Um ser humano

 

Climério Ferreira

 

 

Anúncios

0 Responses to “Poesia de Quinta”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




Arquivos

maio 2008
S T Q Q S S D
« abr   jun »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: