NA FENDA DO TEMPO


Brett Ryder Illustrator
 

NA FENDA DO TEMPO   
 

Quem me acena de um trem que não há?

Ou manda beijos em cartas não escritas?

Quem pensará se existi quando nascer?

Eu serei para sempre essa lacuna temporal

 
Climério Ferreira

Anúncios

0 Responses to “NA FENDA DO TEMPO”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




Arquivos

agosto 2008
S T Q Q S S D
« jul   set »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: